07 Boogie Woogie do Rato

(Denis Brean)

Tá dando rato, muito rato e que rato
Está dando no meu Boogie e que sopa para um gato
Eu não sabia que havia tanto rato no meu samba
Mas agora ante o fato rato é mato
Mas tem um rato que agradece e é muito grato
Se encontra um Boogie Woogie, Boogie Woogie como prato
Mas tem um rato que agradece e é muito grato
Se encontra um Boogie Woogie, Boogie Woogie como prato

Veja veja veja minha gente
Um rato pretender patente
No processo de roer
Deixa todos esses ratos no meu samba
E não se importe com a muamba
Que isso é meio de viver

Se o nosso samba tem cadência,
o Boogie Woogie tem influência,
pois os dois são irmãos da mesma cor
E o que interessa, ora essa,
é que o povo consagrou as duas danças como sendo do amor
Por isso mesmo todo mundo quer dançar
o Boogie Woogie sem castigo, pois é ritmo amigo
E tudo mais só é conversa....e a resposta é “nem te ligo”!

Voltar para página do cd

participação especial Pedro Miranda
arranjo Mario Adnet
violão e voz Antonia Adnet
guitarra Rodrigo Campello
piano Ricardo Rito
sax tenor Yuri Villar
flugelhorn Aquiles Moraes
baixo acústico Jefferson Lescowich
bateria Antonio Neves