08 Meio por acaso

(Antonia Adnet / Gabriel Pondé)

Veio meio por acaso
Como quem não vinha
Veio cheio de atraso
Como quem não tinha
Melhor lugar

Veio sem pedir licença
Querendo sair
Ou veio pra ficar
Sei lá

Mas qualquer dia
O tempo muda
Você descuida
O coração

E nesse dia
Talvez você descubra
Que o pé no chão também derruba
O amor

Voltar para página do cd

arranjo coletivo!
*um agradecimento especial a todos os músicos que participaram dessa faixa e aos produtores Mario e Rodrigo pela contribuição ao arranjo da canção (que foi feita na véspera da gravação)
violão e voz Antonia Adnet
violão 7 cordas Rodrigo Campello
piano Ricardo Rito
flauta Eduardo Neves
trombone Everson Moraes
baixo acústico Jefferson Lescowich
bateria Antonio Neves