12 Adeus América

(Haroldo Barbosa / Geraldo Jaques)

Ao ver a grande fila formada para assistir ao show do bandleader cubano Xavier Cugat num teatro da Cinelândia, no Rio, Geraldo Jaques compôs os primeiros versos desse samba, comentando a invasão da música estrangeira. Concluído posteriormente por Haroldo Barbosa, foi gravado no disco de estreia de Os Cariocas em 1948. 

Não posso mais, que saudade do Brasil
Ai que vontade que eu tenho de voltar
Adeus América, essa terra é muito boa
Mas não posso ficar porque
O samba mandou me chamar
O samba mandou me chamar

Eu digo adeus ao boogie woogie,
Ao woogie boogie e ao swing também
Chega de rocks, foxtrotes e pinotes
Que isso não me convém

Eu vou voltar pra cuíca, bater na barrica, tocar tamborim
Chega de likes e alrights, de fights, goodnights
Isso não está mais pra mim
Eu quero um samba feito só pra mim

Voltar para página do cd

participações especiais Mario Adnet e Chico Adnet
voz e violão Antonia Adnet
piano Marcos Nimrichter
baixo Jorge Helder
bateria Antonio Neves
sax tenor Eduardo Neves
flugelhorn Aquiles Moraes
trombone Everson Moraes