11 Astronauta no asfalto

(Mario Adnet / Chico Adnet)

Composto pelos irmãos Mario e Chico Adnet em 2010, o samba faz parte de uma série batizada de “Falso Antigo”, por causa de uma nota do jornalista e compositor Nelson Motta sobre outro samba da série, “Fred Astaire do samba”

Sambar já é difícil
Você ainda põe
Uma armadilha no meu passo
Quebrando o compasso
Não sei se danço rock
Ou danço samba

Me bota numa fria
Sinto que a coreografia
Foi pro espaço
Pareço um astronauta
Não sei se danço rock
Ou danço samba

É...  Louis Armstrong
E seu trompete na lua
É... o astronauta
Requebrando no meio da rua

É ... Bill Halley e seus cometas
Na batucada de bamba
Guitarras e topetes
Pandeiro e tantan
É rock-samba

Tocar já é difícil
Você ainda bota
Uma blue note
No cavaco
Se o samba fica fraco
Eu jogo uma guitarra
É rock-samba

Compor já não é fácil
Você ainda fica rotulando o que eu faço
Até perdi o passo
Pagode, sertanejo é rock-samba

Visto assim do alto
Todo enredo vale a pena
E samba não se aprende
Na escola de Viena
Guandu não é Danubio
Mas a Terra é azul
Redonda igual meu verso blues
Pandeiro cósmico
Sonda o infinito
No reco reco do rock
Comando a nave no apito

Voltar para página do cd

voz Antonia Adnet
violão Mario Adnet
cavaquinho Rodrigo Campello
piano Marcos Nimrichter
baixo Jorge Helder
bateria Antonio Neves
apito Armando Marçal
flauta Eduardo Neves
trompete Aquiles Moraes
trombone Everson Moraes
fala Chico Adnet
vocal Mario, Chico, Joana e Muiza Adnet